Palavra Pastoral: Eis-me aqui!

Gostaria de compartilhar com os irmãos/ãs neste mês de abril, que inicia o trimestre da Missão em nossa igreja, que existem 10 fatos sobre a sua missão que você não pode desconsiderar.

  1. Sua missão sempre será a favor de uma pessoa ou de um povo. Foi assim com o profeta Jeremias: “A todos a quem eu enviar, você irá e dirá tudo o que eu lhe ordenar.” (Jr. 1:7).
  2. Sua missão sempre determina seu sofrimento e os ataques que você irá encontrar pela frente para avançar frente ao chamado de Deus. Virá sofrimento e lutas para te testar e atestar acerca da missão que somente você pode cumprir. Veja em 2 Tm. 1:12.
  3. O que o aflige indica a missão que lhe foi atribuída. Neemias compreendeu isso ao declarar: “o muro de Jerusalém foi derrubado, e as suas portas foram destruídas pelo fogo. Quando ouvi essas coisas, sentei-me e chorei. Passei dias lamentando-me, jejuando e orando ao Deus dos céus” (Ne 1:3-4). A compaixão por algo é sempre uma indicação da localização geográfica a qual você pertence. O que faz lamentar indica o problema que Deus o habilitou a resolver.
  4. O que você mais ama poderá revelar os seus maiores dons. A paixão é o caminho para a sabedoria. As coisas sobre as quais você gosta de conversar, pensar e aprender: esse será o lugar da sua missão. Quando descobrir a obra na qual está disposto a investir o seu tempo, descobrirá também o que você ama. Essa é a sua missão. É por isso que Moisés esteve disposto a aconselhar as pessoas desde o amanhecer até o anoitecer; ele amava o seu povo de todo coração (Ex. 18:13-14).
  5. Sua missão é geográfica. O lugar em que você está importa tanto quanto o que você é. Abraão deixou a sua casa, terra, parentela. Rute deixou Moabe, e seguiu a Noemi de volta a Belém. Eles entenderam que Deus tinha uma terra para que eles frutificassem em grande medida, portanto, caminharam em obediência e debaixo de princípios divinos.
  6. Você somente será bem sucedido quando a sua missão se tornar em um alvo claro para você. Isso explica o empenho e o ardor de Paulo ao declarar que: “… Esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus (Fp. 3:13-14).
  7. Sua missão exigirá fases de preparação. “Procure apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem como se envergonhar e que maneja corretamente a palavra da verdade” (2 Tm. 2:15). Certamente ao correr o caminho do chamado passaremos por momentos em que experimentaremos fases de insignificância, isolamento, espera, bem-estar, perseguição, injustiça, silêncio e promoção. Jesus investiu 30 anos na preparação do seu ministério para executá-lo em 3 anos e meio de ministério (Lc. 3:23).
  8. Sua missão coincide com o único lugar em que a sua provisão financeira está garantida. Deus instruiu Elias para ir ao riacho onde um corvo o alimentaria (veja em 1 Reis 17). Lá, ele receberia sua provisão diária. Mas, certo dia o riacho secou, e Elias recebe uma nova direção de Deus. Por que? Porque a sua missão havia sido redirecionada. A falta de algo indica que provavelmente Deus está trazendo um novo desafio em sua vida. A nova missão de Elias era visitar Sarepta, onde uma viúva faminta receberia um milagre financeiro a partir do que lhe restava de alimento. Quando Deus o envia a um lugar, a provisão é o incentivo a obediência.

Identificar o seu chamado e se dispor para Deus fará você secar todas as lágrimas, aliviará seus fardos e restaurar a alegria em seu semblante.

Encorajo você a se colocar a disposição para Deus, servindo a Ele com o seu melhor e com tudo o que tem. Estar disponível para Deus é estar sensível e aberto para ser usado por Deus.

Vamos realizar de novo neste ano o Projeto das Casas de Paz. Leia o artigo que informa o cronograma e o que é este projeto que vem do coração de Deus. Participe!!!

Que Deus nos abençoe no cumprimento do chamado!

Pra. Carla Alves Rosa